Para Sempre

Um tapinha não dói

Posted on: setembro 22, 2009

O Fantástico fez uma reportagem sobre uma pesquisa que mostrou que crianças pequenas que levam um tapinha dos pais têm mais tendência a ter depressão e problema de aprendizado.

Um especialista foi entrevistado e disse que os pais não imaginam o mal que uma palmadinha faz aos filhos. Segundo ele, os momentos de pirraça, teimosia e desobediência devem ser resolvidos apenas com conversas. E sem gritar, claro, porque isso também mexe com a cabeça dos pequenos.

Fico imaginando se esses especialistas têm filhos e sabem como é difícil sentar com uma criança e conversar calmamente, principalmente no auge da pirraça.

Não tô dizendo que eu seja a favor da palmada. Eu também acho que não é a melhor solução pois o filho pode aprender que bater é certo e replicar essa atitude fora de casa.

A questão é que não é fácil aplicar na prática o que os especialistas dizem que é a atitude ideal. É preciso ter paciência para repetir mil vezez a mesma coisa, ter mil vezes a mesma conversa para a criança começar a obedecer. Eu ainda tô na vez número 752. 🙂

Anúncios

1 Response to "Um tapinha não dói"

Eu vi essa matéria, Chris…concordo com vc. É tudo lindo na teoria, mas vá colocar em prática!
Logicamente que não concordo com surras…como mostraram uma mulher que batia nos filhos com o chinelo. Mas discordo dessa questão toda de que a palmadinha afeta o desenvolvimento, etc. Levei várias e me desenvolvi muito bem, hahaa. E não fiquei traumatizada, nem nada do tipo.
Só não sei se ela resolve…
Coisas que irei aprender ainda…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

About Me

%d blogueiros gostam disto: